3 formas para recuperar o controlo da tua vida


É usual sentires-te irritada com os comportamentos das pessoas e com os acontecimentos exteriores da tua vida? Se sim, não fiques surpreendida. Nós Humanos temos a tendência de focar no exterior e tentar consertar o que está mal, deixando de lado o nosso mundo interior. Procuramos soluções exteriores – “Eu serei feliz quando tiver aquela casa” ou “Eu serei feliz quando estiver numa relação”. O eterno “Eu serei feliz quando…”. É mais fácil focar no exterior, em vez de alterar a nossa atitude.

É-te familiar a afirmação “Eu serei feliz quando…?” Então, tenho uma boa notícia para ti… Ao alterar a forma como olhas para os acontecimentos, estás a dar-te a possibilidade de alterares toda a tua vida.

Tornar-te-ás mais calma, feliz e até sorrirás mais para ti e para a vida. Para o caso de te estares a perguntar se tu és capaz de efectuar esta mudança a resposta é: SIM. A única coisa que necessitas é estares disposta a assumir o controlo dos teus pensamentos. O que estou prestes a revelar-te são formas de alterares o teu pensamento, para que possas recuperar o controlo da tua vida e começares a viver de forma mais equilibrada! #1 – Despede o teu comportamento agressivo Como é que sei que tens comportamentos agressivos? Fácil! Os comportamentos agressivos são resultado do stress, ansiedade e preocupação. E são direccionados sobretudo para as pessoas que te são mais próximas, queridas e especiais. E a verdade é que nos dias de hoje, facilmente somos levados a viver neste estado. A menos que façamos a escolha de assumir o poder pela nossa própria vida.

Muitas pessoas justificam esses comportamentos como sendo algo natural e que faz parte do seu estilo de vida. O que se esquecem é que a pessoa mais lesada são elas mesmas. Se refletirmos um pouco, quando explodimos de forma agressiva, estamos a causar “estragos” no nosso dia, nas nossas relações, no nosso ambiente e na nossa vida. Não quero com isto dizer para reprimir as emoções. A solução está em sentir as emoções e compreendê-las no momento. Não deixando que elas se acumulem ao ponto de nos fazer explodir. Aqui está o que podes começar a fazer. Pratica viver o MOMENTO PRESENTE. Em vez de ignorar as situações do dia-a-dia queixando-te das circunstâncias da vida, faz a seguinte questão: “Uma vez que esta situação está a acontecer, o que posso fazer para melhor?” O que a resposta a esta questão irá permitir é que fiques atenta a outras possibilidades, em vez de ficares presa na queixa. Foca-te naquilo que podes fazer para melhorar!

#2 – Os pensamentos são apenas isso – pensamentos Aqui está como operamos no dia-a-dia. Temos um pensamento e respondemos a esse pensamento. Se temos um pensamento negativo, instantaneamente desenvolvemos emoções negativas como resultado do pensamento. A verdade é que é impossível ter uma emoção negativa, sem antes ter um pensamento negativo.

Os pensamentos são apenas isso: PENSAMENTOS. E os pensamentos não são factos!

Temos a escolha de avaliar os nossos pensamos e compreender se eles nos estão a fortalecer ou a enfraquecer.

“São os nossos pensamentos, não as nossas circunstâncias, que ditam a forma como nos sentimentos”

Se tens escolha sobre os teus pensamentos, tens escolha sobre as tuas emoções, logo estás no controlo da tua vida. Lembra-te: Tu és a única pensadora na tua mente. O que podes começar já a fazer! Deixa de dar tanta importância aos teus pensamentos. A melhor forma de começar a gerir a ansiedade, stress e preocupação é reconhecer que TODOS os pensamentos, são apenas isso – pensamentos. Não te deixes levar pelos pensamentos, toma um momentos para avaliar o pensamento e decidir se ele te está a fortalecer ou a enfraquecer.

#3- Sê a mestre da tua mente! A função da mente é enviar sinais de alerta. Ela não existe para te fazer feliz, essa é a tua função. Ela existe para te dar sinais de alerta e te manter em segurança.

A escolha de compreender se os sinais que a tua mente está a emitir são para ter em consideração, ou não, é tua! Faz a seguinte questão a ti mesma: “Este pensamento é algo que vai melhorar a minha vida ou vai-me fazer infeliz?”

Refletir e ouvir-te é a chave da mudança! Escolhe se os sinais da tua mente são para levar em consideração ou não.

O resultado destas reflexões é que viverás em mais equilíbrio e com maior sensação de tranquilidade.

Se gostaste do artigo partilha com os teus amigos. Se desejas aprofundar um pouco mais este tema, inscreve-te no Workshop Encontro com o Equilíbrio, no próximo dia 14 de Outubro 2017, em Aveiro! Mais informação aqui.

0 views

Subscreve a minha newsletter

Coaching

Vídeos

Política de Privacidade

Contactos

  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube